Mais um projeto com mão de obra local

Em 2010, Paracambi comemorou 50 anos de emancipação. No dia 4 de dezembro de 2010, em evento no Grêmio Recreativo Social Paracambi (Gresp), a população pode conhecer a maquete da hidrelétrica PCH Paracambi: uma reprodução do maior empreendimento em construção na cidade no ano do cinquentenário.  A maquete não fugiu à proposta assumida pelo grupo construtor da hidrelétrica: dar prioridade à mão de obra local. O responsável pela réplica, de 1,50 metro por 1 metro, é Luiz Augusto Santiago, 65 anos. O maquetista, que já frequenta Paracambi há quatro décadas, deixou o Rio há 10 anos para se tornar de vez cidadão paracambiense, assim como seus dois filhos e três netos.

A maquete estará exposta num local perto de você. A proposta da companhia é montar uma exposição itinerante que circulará durante todo o ano por escolas e prédios públicos dos municípios de Paracambi, Pirai e Itaguaí. As datas e locais serão ainda agendados e previamente divulgados.

O maquetista Luiz Santiago exibe a maquete da PCH Paracambi